home pageárea restrita
São Bernardo oferecerá tratamento dentário para alunos do PronatecProfissionalização
Publicação:17/2/2012
São Bernardo oferecerá tratamento dentário para alunos do Pronatec

Vanessa Oliveira
da redação

Foto: Raquel Toth

 

São Bernardo do Campo será a primeira cidade brasileira a realizar o novo projeto do Ministério da Saúde destinado a oferecer assistência em saúde bucal aos alunos inscritos no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O anúncio foi feito pelo coordenador nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca, após reunião realizada no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de São Bernardo com gestores da Secretaria de Saúde.

O município foi uma das três cidades do Estado de São Paulo escolhidas pelo Ministério da Saúde para iniciar esse projeto, que, posteriormente, será estendido a outras localidades do Brasil. Suzano e Osasco também foram selecionadas.

Em São Bernardo, o Pronatec vai oferecer 320 vagas para maiores de 16 anos em cursos que serão realizados em duas escolas do Senai, a Mário Amato, do Bairro Assunção, e a Almirante Tamandaré, localizada no Centro.

No início das aulas, estes estudantes passarão por avaliação de saúde bucal e, em casos de necessidade, serão encaminhados à Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa com prioridade para o tratamento. Uma equipe de dentistas da rede municipal de saúde dará orientações sobre os cuidados com os dentes e fará a avaliação de risco desses alunos.

Segundo Pucca, o governo federal avaliou a importância de garantir a saúde bucal dos inscritos no Pronatec, considerando-se que muitas pessoas que fazem cursos de qualificação profissional encontram dificuldades em ingressar no mercado de trabalho por causa da estética bucal. "Embora neguem, sabemos que muitos empregadores deixam de contratar candidatos que não têm os dentes em bom estado. O preconceito existe e a nossa proposta é mudar esse panorama, ofertando prevenção, tratamento e reabilitação dentária", explicou.

Aqueles que apresentarem lesões bucais e outros problemas mais graves serão atendidos primeiro. Os estudantes deverão dirigir-se à Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência para o início do tratamento dentário. Em seguida, os que necessitarem de tratamento mais especializado ou a implantação de próteses serão encaminhados ao CEO, no Bairro Nova Petrópolis.

O Ministério de Saúde assegurará os recursos necessários para financiar o tratamento dentário aos inscritos no Pronatec. Não haverá necessidade de ampliar as equipes de saúde bucal do município, mas terá de ser aumentada a capacidade de implantação de próteses. Nos próximos dias, a Secretaria de Saúde fará o levantamento sobre essa questão para que o Ministério possa efetuar o repasse de verbas.

As aulas estão previstas para começarem em 6 de março e os cursos disponíveis são oleiro, ceramista, ajustador mecânico, almoxarife, auxiliar administrativo, auxiliar de pessoal, costureiro, desenhista de moda, desenhista de móveis, desenhista mecânico, lubrificador, montador de móveis, operador de computador, soldador e torneiro mecânico.

O Pronatec foi criado em outubro de 2011 pela presidente Dilma Rousseff, com a finalidade de expandir e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. O programa prevê a execução de várias ações de assistência técnica e financeira que possibilitarão a oferta de 8 milhões de vagas nos próximos quatro anos, especialmente para trabalhadores, estudantes e pessoas em vulnerabilidade social. O novo programa conta com o apoio de serviços nacionais de aprendizagem, como o Senac e o Senai.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS  |  VERSÃO PARA IMPRIMIR
© Copyright 2011  -  Município de São Bernardo do Campo
Praça Samuel Sabatini, 50 - CEP 09750-901 - PABX 4348-1000   -