home pageárea restrita
Visita
Publicação:2/5/2012
Comitiva do Banco Mundial elogia programa habitacional de São Bernardo

Vinícius Dominichelli
da redação

Uma comitiva do Banco Mundial visitou, na segunda-feira (30/4), o Conjunto Habitacional Sítio Bom Jesus e 140 apartamentos que serão entregues na sexta-feira (4) pela Prefeitura. A equipe percorreu as novas moradias e as obras de urbanização de favelas em curso no Jardim Ipê, Divinéia/Pantanal e Alvarenga Peixoto, na região do Alvarenga. Os recursos para essas intervenções são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. A secretária municipal de Habitação acompanhou os representantes do Banco Mundial.

O objetivo da visita da instituição financeira foi avaliar a capacidade de execução da Prefeitura dos projetos na área de habitação, tendo em vista, inclusive, futuros empréstimos do Banco Mundial para a cidade.

O diretor de Desenvolvimento Sustentável da instituição, Ede Jorge Ijjasz-Vasquez, elogiou a capacidade do programa habitacional da Prefeitura, que em suas 10 obras já contratadas beneficiará mais de 7 mil famílias até o fim de 2013 sendo 5.280 com novas moradias, mais de 2.500 com obras de urbanização, além do benefício ao conjuntos dos bairros com a criação de espaços públicos de qualidade.

"Fiquei muito impressionado com o trabalho de qualidade e com o comprometimento da Prefeitura de São Bernardo do Campo, além da prioridade que a Administração deu para o programa de habitação e urbanização de favelas", afirmou Ijjasz-Vasquez.

Vistoria – No Jardim Ipê, o diretor do banco e a comitiva vistoriaram a atuação da Prefeitura no local, que retirou famílias que moravam em situação precária. Elas estão recebendo bolsa-auxílio de R$ 315 até ganharem novas moradias em um dos conjuntos habitacionais que estão sendo construídos pela Administração.

No Alvarenga Peixoto, a comitiva constatou as condições precárias de moradia das famílias e a necessidade de atuação do poder público no local, onde a Prefeitura vai construir 130 moradias até 2013. A previsão é de que as obras tenham início depois da concessão do licenciamento ambiental pelo governo do Estado de São Paulo.

Na visita à comunidade Divinéia/Pantanal, onde as obras habitacionais já estão em andamento, foram conferidas as soluções habitacionais que integram o projeto. São 404 apartamentos que serão entregues no ano que vem.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS  |  VERSÃO PARA IMPRIMIR
© Copyright 2011  -  Município de São Bernardo do Campo
Praça Samuel Sabatini, 50 - CEP 09750-901 - PABX 4348-1000   -