Pular para o conteúdo
 
 

 

Ações de combate ao Aedes Aegypti e pontos de vistoria constante

A saúde pública está passando por um momento muito sério, e todos nós, poder público e população, temos que unir forças para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e febre chikungunya.

Para melhor esclarecer os moradores e evitar o congestionamento dos canais de comunicação, em especial o Disque Dengue (0800-19-5565), com solicitações de vistoria em locais de possíveis criadouros, informamos as ações já realizadas pelo Centro de Controle de Zoonoses e os pontos que são monitorados com frequência: 

  • Nossos agentes de controle de endemias e os agentes comunitários de saúde realizam diariamente vistorias casa a casa para verificar se há focos do mosquito, eliminar os possíveis criadouros e orientar os munícipes quanto à prevenção;
  • Assim que um caso é confirmado em determinada localidade, é deflagrada a operação bloqueio, que consiste em vistoriar todas as residências das imediações para a eliminação de criadouros, inclusive com nebulização nas ruas;
  • As ações de rotina incluem o monitoramento regular de 123 endereços, entre UBSs, UPAs e escolas municipais e estaduais. Esses locais são chamados imóveis especiais por terem grande circulação de pessoas e, portanto, grande capacidade para a dispersão do vírus;
  • Os agentes também realizam checagem frequente em outros 52 pontos considerados com potencial para acumular água parada: borracharias, transportadoras, desmanches, cemitérios e depósitos de recicláveis e sucata;  
  • Piscinões e obras realizadas pela Prefeitura também são constantemente vistoriados, como as intervenções do Projeto Drenar, Museu do Trabalhador e a canalização do córrego Jordanópolis (ruas Araraquara e Pindorama), além da caixa d'água localizada no terreno da antiga Tognato.

Solicitamos o empenho de todos para que continuem vigilantes na prevenção de possíveis criadouros, eliminando qualquer tipo de recipiente que possa acumular água parada e pedimos a colaboração da população para que, antes de fazer qualquer denúncia pelo Disque Dengue, verifique se o local já não consta na listagem de pontos de vistoria constante.

PRINCIPAIS LOCAIS

  • Paço Municipal
    Praça Samuel Sabatini, 50
    São Bernardo do Campo - SP
    CEP. 09750-901
    T. (11) 2630-4000
  • REDE FÁCIL - CENTRAL DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO
    Praça Samuel Sabatini, 50 - CENTRO
    Horário de atendimento: 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h
    CEP. 09750-901
    T.
  • REDE FÁCIL - POSTO DE ATENDIMENTO DO BAIRRO ASSUNÇÃO
    Av. Robert Kennedy, 3.438 - ASSUNÇÃO
    Horário de atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h
    CEP. 09860-122
    T.
  • REDE FÁCIL - POSTO DE ATENDIMENTO DO BAIRRO ALVARENGA
    Estrada dos Alvarenga, 5815
    De segunda a sexta-feira, 8h às 17h
    Horário de atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h
    CEP. 09850-550
    T.
  • REDE FÁCIL - POSTO DE ATENDIMENTO DO RIACHO GRANDE
    Avenida Araguaia, 265
    Horário de atendimento: 2ª a 6ª, das 8h às 17h
    CEP. 09830-110
    T.
  • Coordenadoria do Rudge Ramos
    Rua Jacquey, 61 - Rudge Ramos
    Horário de Atendimento:
    De Segunda a sexta, das 8h30 às 17h
    CEP. 09634-000
    T. 2630-7050
  • Subprefeitura do Riacho Grande
    Avenida Araguaia, 265 - Centro
    Horário de Atendimento:
    De Segunda a sexta, das 8h30 às 17h
    CEP. 09830-110
    T. 4354-9220 / 4354-0300
  • Secretaria de Finanças
    Av. Kennedy, 1058 - Jardim do Mar
    CEP. 09726-900
    T. 2630-5611

FALE COM A PREFEITURA

  • Finanças
    0800-770-3738
  • Concursos Públicos
    2630-4000
  • Iluminação - 24h
    0800-77-11-159
  • Disk Drenar
    4341-8613
  • GCM Guarda Municipal - 24h
    153
  • Transporte Coletivo - Informações e reclamações
    0800-77-01-988
  • Monitoramento de Trânsito - 24h
    0800-77-01-988
  • Serviços de manutenção da cidade
    0800-77-08-156