AUTORIZAÇÃO MÉDICA AUTORIZAÇÃO MÉDICA

AUTORIZAÇÕES DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS

As autorizações para procedimentos médicos devem ser solicitadas preferencialmente por e-mail para autorizacao@imasf.com.br ou presencialmente na Seção Médica do IMASF, das 8h às 17h de segunda à sexta-feira, com antecedência mínima de 3 (três) dias úteis.

Atenção: Agende seu procedimento médico somente após a liberação da Guia de Autorização.

 

Para solicitar a autorização é necessário:

  • Apresentar cartão de identificação e documento com foto;
  • Apresentar o pedido médico, sem rasuras ou alterações contendo nº do CID - Código Internacional da Doença, hipótese diagnóstica, breve relato do procedimento requisitado, data da solicitação, carimbo e assinatura do médico.

    OBSERVAÇÕES: 

    1. Relatório Médico Complementar, Exames, etc, poderão ser solicitados, pela auditoria médica do IMASF  quando necessário. 

    2. Só serão aceitos pedidos médicos emitidos há, no máximo, 30 (trinta) dias, no Estado de São Paulo. 

 

EXAMES QUE DISPENSAM AUTORIZAÇÃO:

  • COLONOSCOPIA (exceto quando solicitada com OPME-material ou quando realizada em regime de internação)
  • DENSITOMETRIA OSSEA
  • ELETROENCEFALOGRAMA
  • ELETROCARDIOGRAMA
  • ENDOSCOPIA DIGESTIVA (exceto quando solicitada com OPME-material ou quando realizada em regime de internação)
  • EXAMES LABORATORIAS SIMPLES e que não tenham DUT – Diretriz de Utilização no Rol de Procedimentos da ANS
  • EXAMES DE OTORRINOLARINGOLOGIA (tais como Audiometria e Impedanciometria) Exceto PAC, Emissão Otoacústica e BERA
  • FISIOTERAPIAS (até 10 sessões do tratamento)
  • MAMOGRAFIA (até uma por ano)
  • MAPEAMENTO DE RETINA e TONOMETRIA
  • RADIOLOGIA SIMPLES (Raio X)
  • RESSONÂNCIA MAGNÉTICA (até quantidade 2) e, exceto Angio-Ressonância e com Sedação
  • TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (até quantidade 2) e, exceto Angio-Tomografia
  • ULTRASSONOGRAFIA
  • ULTRASSONOGRAFIA COM DOPPLER (até 2 por ano)


TRATAMENTOS NÃO COBERTOS:

  • Asilamento;
  • Cirurgia plástica com finalidade estética e de rejuvenescimento;
  • Despesas com equipamentos como: Cadeiras de rodas, Próteses externas, Próteses auditivas, Órteses, camas, Muletas, Mesas especiais, etc.;
  • Despesas com medicamentos não reconhecidos oficialmente;
  • DNA para investigação de paternidade;
  • Doenças ou acidentes provocados por atos ilícitos;
  • Exames e procedimentos para tratamento de fertilidade;
  • Inseminação artificial;
  • Internação em Spa;
  • Mamoplastia exceto nos casos de mastectomia por problema oncológico;
  • Medicamentos importados não nacionalizados;
  • Tratamentos alternativos não reconhecidos oficialmente;
  • Tratamentos não éticos;
  • Vacinação;

* e ainda, TODOS os procedimentos não constantes do Rol de Procedimentos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) - Lei Federal 9656/98 e alterações.