Voltar

São Bernardo cria 58% das vagas de emprego no Grande ABC em julho

São Bernardo cria 58% das vagas de emprego no Grande ABC em julho

30 de Ago de 2023 Carla de Gragnani

Cidade encerrou o mês com saldo positivo de 815 postos de trabalho gerados, de acordo com dados do Caged

Impulsionada pelos setores de comércio e indústria, a cidade de São Bernardo encerrou o mês de julho com 815 vagas de emprego criadas com carteira assinada, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quarta-feira (30/8) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O resultado representa 58% do total de vínculos empregatícios formalizados em todo o Grande ABC (1.411) no período. 

O desempenho de julho foi puxado principalmente pelo setor de comércio, que respondeu por 527 vagas. Na sequência, aparece a indústria com saldo de 148 carteiras de trabalho assinadas. Construção civil e serviços também encerraram o mês com resultado positivo. Ambas as atividades econômicas geraram 73 empregos. No balanço dos últimos 12 meses do ano, São Bernardo também lidera o cenário regional com saldo de 5.737 empregos formais criados, resultado da diferença entre as admissões (131.553) e as demissões (125.816) no período. 

“Já havíamos encerrado o primeiro semestre de 2023 com saldo positivo de 1.124 postos de trabalho e o balanço de julho vem dar sequência a este bom resultado. O desempenho é reflexo do ambiente favorável para negócios na cidade. Nossas políticas de desenvolvimento econômico têm se mostrado acertadas, com programas de capacitação profissional, fomento ao empreendedorismo e desburocratização de processos administrativos”, destacou o prefeito Orlando Morando.

MULHERES DOMINAM O MERCADO – Dos 815 postos de trabalho criados em julho, 642 foram ocupados por mulheres, o que representa 78%. A faixa etária que mais empregou no período foram os jovens de 18 a 24 anos, que totalizaram 468 colocações no mercado formal de trabalho, seguidos pelo público de 40 a 49 anos. Em relação à escolaridade, pessoas com ensino médio completo saíram na frente em julho, totalizando 656 contratações.

No acumulado do ano, as mulheres também lideraram as contratações. Foram 2.189 vínculos empregatícios formalizados entre o público feminino, contra 208 demissões, resultando em saldo positivo de 1.981. Os jovens de 18 a 24 anos com ensino médio completo também foram os mais contratados de janeiro a julho deste ano.

AGÊNCIA DE EMPREGO – Para facilitar a inserção e recolocação no mercado de trabalho da população, São Bernardo oferece a unidade da CTR (Central de Trabalho e Renda) que funciona como agência pública de emprego, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo. Situado na Rua Padre Lustosa, Centro, o equipamento oferece serviços gratuitos de intermediação de vagas de emprego junto à iniciativa privada e habilitação de seguro-desemprego.