A      Pinacoteca de São Bernardo do Campo é o maior espaço de exposição permanente de arte contemporânea da região do ABC, com quatro espaços expositivos, um jardim de esculturas, auditório, uma biblioteca de arte, quatro salas multiuso e um laboratório de fotografia.

 

Fundada em 1975, instalada desde 2008 na atual sede na Rua Kara 105, Jardim o Mar, seu importante acervo, dispõe de mais de 1.500 obras de quinhentos e setenta e cinco artistas nacionais e internacionais, dentre eles, 220 artistas são da região do grande ABC e 152 artistas locais da cidade.  O acervo possui nomes consagrados como Volpi, Sacilotto, Sarro, Peticov, Aldemir Martins, Maria Bonomi, Júlio Plaza, conta também com artistas ascendentes como Daniel Melim, Paulo Nenflidio, Andrey Rossi, entre outros. 

 

A Pinacoteca de São Bernardo do Campo está voltada para o campo das artes visuais, com ênfase em seus aspectos contemporâneos, seja com exposições bidimensionais ou tridimensionais nas mais variadas técnicas como pinturas à óleo, acrílica e aquarela, fotografias, xilogravuras, litogravuras, esculturas nos mais diversos materiais, objetos, instalações, performances etc.

 

As exposições geralmente são de curta e média duração organizadas a partir das obras do seu acervo e de produções e coleções privadas de artistas emergentes da cena contemporânea (mostras individuais e/ou coletivas).

 

O Jardim das Esculturas é um conjunto de obras tridimensionais do acervo permanente expostas ao público na área verde que circunda o edifício da Pinacoteca. É formado por 39 esculturas criadas pelos artistas Alcindo Moreira Filho, Antonio Vivancos, Arayr Ferrari, Caciporé Torres, Di Grado, Duílio Galli, Eugênio Prati, João Delijaicov, Iracy Nistche, Lúcio Bittencourt, Márcio Fidelis, Maria Bonomi, Moraes, Orbetelli, Paula Unger, Ricardo Amadasi, Ricardo Negraes, Roberto Gyarfi, Sarro, Silvio Ghiberti e Vagner Dias. Além de possuir três murais dos artistas Michel Cena7, Daniel Melim e Emol.

 

O Auditório é estruturado para receber palestras, mesas de debates e outros eventos culturais. Possui capacidade para 140 pessoas.

 

 A Biblioteca de Arte Ilva Aceto Maranesi, criada em 1990, foi batizada com o nome de sua fundadora e empenhada bibliotecária, Ilva Aceto Maranesi. Possui um acervo de aproximadamente 8.000 volumes, entre livros, catálogos, revistas, CDs e DVDs, entre outros suportes. Além de disponibilizar para empréstimos estes documentos, promove dentro de seu espaço acolhedor reuniões de grupos de interesse, coletivos de pesquisa e exposições de artistas plásticos da região.

 

 

A Pinacoteca também oferece cursos e workshops voltados às artes visuais. São cursos teóricos e práticos de curta e média duração que tem como principal objetivo proporcionar ao público o contato e o aprofundamento com as artes e as mais variadas técnicas. Para participar acesse o portal da Secretaria de Cultura e Juventude www.saobernardo.sp.gov.br/cultura.

 

 

Orientações

 

Para que todos aproveitem a visita, algumas orientações devem ser seguidas:

 

Ajude a preservar as obras

Aprecie as obras com os olhos. A manipulação das obras só pode ser realizada pelos funcionários da Pinacoteca, capacitados para esse fim.

 

Bolsas, Mochilas e Objetos

Para evitar acidentes, antes de entrar nos espaços expositivos, guarde seus pertences nos guarda volumes localizados no térreo. É permitido visitar as exposições com itens cujo tamanho seja até 35 centímetros.

 

Crianças são bem-vindas

No entanto, evite que elas corram e se aproximem bruscamente das obras de arte.

 

Fotos

É permitido fotografar as obras, mas com o flash desligado. Se pretender fotografar ou filmar para uso jornalístico contate assessoria.imprensa@saobernardo.sp.gov.br, para uso comercial e artístico contate gabinete.cultura@saobernardo.sp.gov.br. Fotografar ou filmar os servidores da Pinacoteca somente com autorização prévia.

 

Alimentação

Nos espaços expositivos, biblioteca e auditório, o consumo de alimentos e bebidas não é permitido. Aproveite o Jardim das Esculturas para fazer um pic-nic com a família e amigos.

 

Animais

Não é permitida a entrada de animais na Pinacoteca. Cães-guias são bem-vindos.

 

Telefones celulares e aparelhos eletrônicos

O uso de telefones celulares é permitido em todo o museu. Em respeito aos demais visitantes, recomendamos manter seus dispositivos no modo silencioso e evitar falar ao telefone nos espaços expositivos e no auditório.

 

Horário de funcionamento

 

Visitação Pinacoteca (sem agendamento)

Terça a sexta-feira:

Manhã: das 9h às 11h, com permanência até às 12h;

Tarde: das 14h às 16h, com permanência até às 17h;

Noite: das 17h às 20h, com permanência até 21h – suspenso no mês de outubro

Com agendamento é necessário enviar e-mail para pinacoteca@saobernardo.sp.gov.br (com nome, telefone, data/horário sugerido, número de visitantes, com o assunto “agendamento”).

 

Atendimento Biblioteca Ilva Aceto Maranesi

Segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e 13h20 às 18h.

 

Pinacoteca de São Bernardo do Campo

Rua Kara, 105 – Jardim do Mar

Tel.: 2630-9600

pinacoteca@saobernardo.sp.gov.br

@pinacotecasbc

 

Entrada e estacionamento gratuitos

 
Tour Virtual:
 

Acompanhe nossas redes sociais:

facebook       instagram       youtube