Fundado em 1955, o Parque Estoril foi transformado, em 2013, na primeira Unidade de Conservação de São Bernardo do Campo para garantir a preservação da mata atlântica, da fauna e da represa Billings. A partir de então, o local passou a ser denominado Parque Natural Municipal Estoril, ganhando status não somente de equipamento de lazer, mas também de uma área que precisa ser protegida e conservada do ponto de vista ambiental. Por isso, ao visitar o parque é importante respeitar as regras indicadas, que são cuidados para contribuir com a harmonia entre fauna, flora e ser humano.

O equipamento, localizado na região do Riacho Grande, conta com teleférico, pedalinho, stand up paddle e caiaques, trilhas para caminhada, viveiro escola, jardim sensorial, área de piquenique, área de banho, estacionamento, lanchonetes e museu de arte ao ar livre. São oferecidas visitas monitoradas para escolas e grupos, mediante termo de parceria, e agendamento prévio realizado diretamente na administração do Parque, por meio do telefone (11) 2630- 8035 e e-mail: expediente.estoril@saobernardo.sp.gov.br.

 

INGRESSO:

Entrada: R$ 5 

Crianças até 7 anos e pessoas acima de 65 anos não pagam

Entrada gratuita para morador com carteirinha do parque, que pode ser feita na administração do local (documento com foto, uma foto 3x4 e comprovante de residência).

 

ESTACIONAMENTO:

R$ 20 (vinte reais) para carro de passeio

R$ 13 (treze reais) para moto

R$ 40 (quarebta reais) para vans

R$ 45 (quarenta e cinco reais) para micro-ônibus

R$ 250 (duzentos e cinquenta reais) para ônibus

OBSERVAÇÃO: Pagamento apenas em dinheiro.

 

ATRAÇÕES:

Teleférico – R$ 25 (ida e volta)  / R$ 15 (só ida e só volta)

Pedalinhos – R$ 25 (20 minutos 2 adultos e 1 criança)

Pedalão – R$ 50 (20 minutos 4 adultos e 2 crianças)

StandUp – R$ 50 (por hora de passeio)

Caiaque – R$ 15 (por 40 minutos de passeio)

Zoológico – Gratuito

Alimentação – quiosques e barracas de alimentação

 

Vai visitar o Parque Natural Estoril? Fique atento aos cuidados para a preservação do local

 

É PERMITIDO

• Fazer pic nic

• Caminhadas

• Nadar na área da represa permitida para banho

• Visitar o zoológico municipal

• Tirar fotos

• Conhecer os equipamentos de educação ambiental (Viveiro-escola, jardim sensorial, jardins das borboletas, trilha, calçada da fauna)

• Apreciar as obras de arte do museu a céu aberto

• Passear no teleférico

•  Andar de pedalinho

•  Praticar StandUp Padlle

•  Andar de caiaque

 

NÃO É PERMITIDO

• Fazer barulho ou utilizar aparelhos sonoros para não assustar os animais que frequentam o parque e não atrapalhar os outros frequentadores

• Soltar pipa – A linha das pipas, presas às árvores ou esquecidas no gramado, podem causar sérios danos à fauna local, como danificar asas e patas de aves silvestres

• Jogar bola, uma vez que o parque não possui quadras de esportes

• Pescar e caçar, preservando assim a fauna local

• Fazer churrasco e/ou fogueiras para prevenir queimadas

• Circular com veículos acima da velocidade permitida (10 km/h), lembrando que o parque possui animais em seu habitat natural que circulam por ele diariamente

• Entrar com animais domésticos (cães e gatos) devido à preservação da fauna local, que é constituída, entre outros animais, por esquilos, pássaros de várias espécies, lagartos e tatus

• Estacionar fora da área de estacionamento e em cima dos gramados

• Danificar a vegetação

• Sujar o parque – colabore para preservar o local descartando corretamente o lixo gerado. Para facilitar, leve consigo um saquinho para ir colocando os resíduos e depois descartá-la na lixeira mais próxima

• Abandonar animais de qualquer espécie

 

SERVIÇO:
Funcionamento: Quarta-feira a domingo, das 9h às 17h.

Endereço: Rua Portugal, 1.100, Riacho Grande.

Tel.: (11) 2630-8035